Pesquisar este blog

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

pop


"e eu me arrastava na mesma direção como tenho feito toda a minha vida, sempre rastejando atrás de pessoas que me interessam, porque, para mim, pessoas mesmo são os loucos, os que estão loucos para viver, loucos para falar, loucos para serem salvos, que querem tudo ao mesmo tempo agora, aqueles que nunca bocejam & jamais falam chavões, mas queimam, queimam, queimam como fabulosos fogos de artifício, explodindo como constelações em cujo centro fervilhante — pop — pode-se ver um brilho azul & intenso".

(jack kerouac em “on the road”)

4 comentários:

Ca:mila disse...

um hip hip hurra para kerouac!

Projeto Reticere disse...

esse livro é foda...

Gleuber Militani

On The Rocks disse...

tô namorando uma nova edição com ensaios...

me emociono vendo dylan recitar esses mirabolantes versos.

até mais.

Odranoel disse...

Isso é lindo.
Ps. Aos poucos vou descobrindo seu blog.